O silício de baixo custo e de fina película transparente permitem grandes recursos

As células solares feitas de silício de película fina requerem apenas cerca de 1/100 da espessura de células solares de cristal de silício e podem ser produzidas em massa a baixo custo.
A eficiência de conversão energética não tem atingido o nível de células solares de cristal de silício, no entanto, a taxa de conversão de um módulo produzido em massa com base no modelo acoplado de camadas de silício não cristalizado e microcristalino sobrepostas é de 8,5%, e com o uso de uma célula de camada tripla com os dois tipos de silício não cristalizado e microcristalino, uma taxa de conversão de 10% pode ser alcançada.

Além disso, uma vez que as células podem ser transparentes, pode-se desenvolver produtos para aplicações de arquitetura, como janelas e clarabóias, expandindo a variedade de aplicações.